Endereço:

R. Dr. Gabriel Piza, 577 - Santana, São Paulo - SP, 02036-011

Whatsapp

(11) 96565-6516

Saiba como elaborar um bom planejamento estratégico para a sua empresa na Zona Sul

E utilize-a no processo de gerenciamento da sua empresa na Zona Sul

O termo “planejamento estratégico” é muito utilizado no conceito empresarial, mas engana-se quem acha que ele não passa de um cliché. Na prática, o planejamento estratégico se coloca como algo essencial para o sucesso de um negócio na Zona Sul, seja ele em que ramo for ou em que pé esteja. Independe também do porte, até porque é o próprio planejamento estratégico é quem norteia o porte da empresa devido as suas perspectivas de crescimento investimento etc.

Esse artigo, então, tem como fim apresentar uma série de orientações para que você, por meio de profissionais capacitados, elabore um planejamento estratégico conceituado e bem definido dentro da sua perspectiva empresarial. Ele precisa, acima de tudo, ter a participação dos gestores responsáveis pela empresa na Zona Sul. Ter esse tato é fundamental para o sucesso, pois personifica o planejamento empresarial. Entretanto, tão fundamental quanto a participação da equipe de gestão se faz o profissional de contabilidade, que diferentemente do que muitos acham, não é apenas responsável por fazer balanços e cálculos financeiros, mas, sim, com a atualidade da contabilidade e o advento do digital, tem como grande função utilizar de todos os dados e informações para fazer o prognóstico e posicionar estrategicamente a empresa no mercado.

O que determina o conjunto de estratégias que devidamente organizadas corresponde ao desempenho da empresa na Zona Sul é justamente o planejamento estratégico. E ele é capaz de dar uma maior precisão nas atividades da empresa, contribuindo no seu crescimento na fórmula que todo empreendedor procura: mais resultado com menos exigência. Para isso, os líderes, referenciais do projeto, precisam fazer parte da resolução do planejamento estratégico, sendo isso já parte do próprio planejamento estratégico. Se os gestores estiverem conjuntamente no processo a probabilidade dele ser cada vez mais próximo a realidade de desempenho e perspectivada da empresa na Zona Sul agregará juntamente com o desempenho técnico da contabilidade em si, assim, o próprio planejamento estratégico será conversado internamente no conceito da empresa.

E é justamente o planejamento estratégico que compatibiliza o agregamento das questões internas e externas necessárias para agregar valor a empresa na Zona Sul. Tudo bem que nem tudo vai agregar valor, mas até mesmo aquilo que não agrega, agregará indiretamente, pois a contabilidade saberá que não influenciará na implantação e resolução do planejamento estratégico.

Para que o planejamento estratégico venha fluir na sua empresa, você precisará responder algumas perguntas para si próprio, que passam pelo processo de identidade da sua empresa na Zona Sul e que por tabela passa pela sua identidade pessoal, intrínseca no seu negócio. Conceito, missão, valores, mentalidade, foco, filosofia, tudo isso vai responder tais perguntas e como numa terapia paladiana você pode até ter uma outra noção e perspectiva do próprio projeto, o que é muito bom, dependendo do caso.

  • Onde estamos?
  • Para onde nós queremos ir?
  • Como ir até lá?

A resposta dessas perguntas darão um norte inicial para a construção do planejamento estratégico da sua empresa na Zona Sul. É através das respostas dessas perguntas que você saberá em que ponto está e para onde quer ir e é por meio do planejamento estratégico que você irá moldar o processo de partida e chegada de tais objetivos.

Concluindo, então, as três primeiras perguntas e compreendendo o ponto de partida, o de processo e o de chegada é que inicia realmente o planejamento estratégico da sua empresa na Zona Sul. Para isso, é importante que o cenário seja devidamente analisado, os objetivos devidamente definidos, as estratégias devidamente articuladas e o plano de ação devidamente elaborado.

Tudo isso interfere necessariamente no sucesso de um projeto e a sua consistência no mercado. Por isso, o planejamento estratégico vai além de um cliché, mas é algo completamente essencial no processo de gestão empresarial.